Morro de São Paulo > Aprenda sobre Morro > Meio ambiente
 
 
 
 

O Meio ambiente e suas redondesas

 
 

Caracterização ambiental da região Morro de São Paulo e entorno:

Vista aérea de Morro de São Paulo no Arquipélago Tinharé Boipeba A APA – Tinharé e Boipeba onde está situado Morro de São Paulo possui unidades ambientais com grande valor ecológico e alto grau de biodiversidade, boa qualidade ambiental dos ecossistemas e forte tradição cultural. Esta situada no litoral sul da Bahia, região conhecida como “Costa do Dendê”, numa região estuarina complexa, formada por pequenos canais e ilhotas, alem de compor um sistema típico do litoral brasileiro, é recortada por morros, barras e recifes, localizada entre o Rio dos Patos e o Canal de Taperoá. A área engloba alem das Ilhas de Tinharé(Morro de São Paulo) e Boipeba, diversas outras menores, como a Ilha da Aranha, Coroinha, Matinha e Manguinhos, que fazem parte do arquipélago que constituem o Município de Cairu, cuja sede está fora da APA.

Introdução: A região do litoral sul do Estado da Bahia, especificamente, o Baixo Sul da Região Cacaueira, formado por oito municípios que configuram a microregião homogênea denominada Tabuleiros Costeiros de Valença (MR-152), originou-se da Capitania de Ilhéus e teve sua ocupação iniciada ainda no século XVI (1530 -1534), cuja economia de origem rural, se estabeleceu durante muitas décadas tendo como seus principais elementos representativos a agricultura, o extrativismo vegetal e animal. Denominada mais recentemente de “Costa do Dendê”, “está entre as mais antigas áreas de ocupação e povoamento do Brasil”.

Nas diversas cidades, vilas e povoados que formam esta região, ainda hoje é possível encontrar testemunhos da arquitetura do tempo do Brasil Colônia e resquícios bucólicos de povoados remanescentes de antigos quilombos que relembram o tempo da escravidão como também há varios em Morro de São Paulo. É uma região bastante protegida tanto do ponto de vista cultural como ecológico. Ainda existem cenários praticamente intocados revelando uma deslumbrante beleza natural.

Em seus 5.673km², tendo como ponto de partida a cidade de Valença passando por Cairu, Taperoá, Nilo Peçanha, Ituberá, Igrapiuna, Camamu até chegar a Marau, o relevo da região, poucas vezes supera a cota 200, sendo constituídos de tabuleiros, planaltos, planícies costeiras e cursos interiores. Seu litoral é entrecortado por varias baías, enseadas e ilhas. A microregião é atravessada por rios, como o Acarai, Cachoeira Grande, Jequié e Una, alem do Paraguaçu, que formam a Bacia do Recôncavo. O clima é do tipo tropical superúmido e úmido, com temperatura média em torno de 25ºC e precipitação pluviométrica anual entre 1.500mm a 2.000mm, sendo o período mais chuvoso de março a agosto. Trata-se de zona ecológica de transição, outrora coberta pela floresta tropical-úmida, com potencial agro climático variando de bom a ótimo. Seus numerosos estuários são cobertos de extensos manguezais.

Do ponto de vista da infra-estrutura viária de suporte ao desenvolvimento regional destacam-se a BR-324, BR-101, BA-245, BA-001, BA-542, BA-650 e os acessos locais, especificamente ao Morro de São Paulo, alem de embarcações do tipo Catamarã direto de Salvador, com percurso em torno de uma hora e meia. no Morro de São Paulo existem três pistas de pouso para pequenas aeronaves, com tempo de vôo em torno de vinte minutos, atraindo para essa região novas possibilidades de negócios e potencializando o desenvolvimento das cidades e pequenas aglomerações urbanas distribuídas ao longo do seu extenso litoral e áreas do interior. Nesta região existem algumas peculiaridades de acesso, tendo em vista a superfície do seu território, cuja grande parte é formada por ilhas onde inexiste a circulação de carros e, portanto, o sistema hidroviário aparece com relevante importância para o desenvolvimento local. Especificamente, destaca-se o Canal de Taperoá como elemento dinamizador das ilhas de Tinharé e Boipeba.

Segundo os especialistas em planejamento econômico, “o setor em que se delineia mais fortemente a nova economia bahiana é o turismo. E aqui os dados da EMBRATUR demonstram que a Bahia já é o segundo pólo turístico do País: em 2003, o numero de turistas estrangeiros que visitaram a Bahia foi da ordem de 22% do total, percentual praticamente igual dos que visitaram São Paulo, fazendo turismo de negócios...”. Alem das previsões do setor econômico, a Bahia se caracteriza como forte concorrente internacional pelas suas peculiaridades e diferenças perante aos tradicionais destinos turísticos do resto do mundo. Segundo informações oficiais dois fatores básicos foram identificados favoravelmente a consolidação da Bahia como destino turístico internacional:
“A saturação de destinos tradicionais que, apesar de apresentarem características de turismo de alto consumo, com ênfase na estrutura de serviços, pouco tem a oferecer em termos de produtos diferenciados, onde os aspectos da natureza, cultura e aventura são escassos, portanto, uma demanda por novos e diferenciados produtos competitivos em qualidade e preço; O sol, praia, exotismo e cultura popular como atrativo, que despertam maior interesse dos turistas originários de países desenvolvidos. Alem desses dois itens em destaque, cresce também o interesse por um novo tipo de turismo, um segmento que procura roteiros de aventura e contato com a natureza intocada – o turismo de aventura e o eco-turismo”.
Recheada desses atributos e potencialidades, a faixa litorânea da região do Litoral Sul do Estão que abriga a Zona Turística da Costa do Dendê é considerado pelos agentes oficiais como “uma das mais fortes opções para visitação turística da Bahia”. Tal é a magnitude do ecossistema local que, nesta Costa estão inseridas quatro APA’s (Área de Proteção Ambiental), Guaibim em Valença, Tinharé, sendo a ilha em que se situa o Morro de São Paulo e Boipeba (estadual) em Cairu. E duas em Maraú (estadual e municipal) e uma RPPN (reserva particular do patrimônio natural), localizada na fazenda Água Branca em Valença, ou seja, áreas que apresentam um quadro ambiental em estado de preservação de preservação significativo.

Continua lendo sobre o Meio ambiente:

APA Tinharé Boipeba

Leia a seguir sobre:

Aspectos climatológicos | Solo de Morro de São Paulo | Fauna e Flora da ilha

 

Leia também sobre:

- Morro de São Paulo
- Dicas e Infos
- Como chegar
- Praias de Morro de São Paulo
- Outras Praias de Morro de São Paulo
- Morro de São Paulo de dia
- Morro de São Paulo de noite
- Esportes e Atividades
- História
- Monumentos históricos
- Povoados da região
- Bairros da ilha
- O povo da ilha
- Previsão de tempo e maré
- Hospedagem
- Reveillon
- Ressaca de Carnaval
- Carnaval
- Restaurantes