Morro de São Paulo > Aprenda sobre Morro > Monumentos históricos
Português Español
 
 
 
 

Monumentos históricos

 

O primeiro registro em documentos históricos de Morro de São Paulo foi em 1531 quando o atual governador das terras Brasil da época Martim Afonso de Souza fez suas anotações em seu diário sobre a ancoragem da armada no canal de Tynharéa. Assim era chamada pelos índios tupinambás que viviam nessas terras e com o significado de terra que avança para o mar. Em 1535 chegaram mais de 30 homens cristãos enviados para colonizar este lugar habitado pelos índios tupinambás. Foi o Rei Dom João III quem decidiu dividir o Brasil em Capitanias Hereditárias.

Monumentos históricos de Morro de São Paulo
A Fortaleza de Tapirandú de Morro de São Paulo

A Quarta Capitania dos Ilhéus que abrange Costa do Dendê – onde Morro de São Paulo está situado - desembarcou no dia 29 de junho, dando assim o nome correspondente ao santo católico, batizando de Morro de São Paulo. Foi a partir desse fato que a colonização e o povoamento este vilarejo começaram.
Em 1630 começam as obras da Fortaleza Tapirandú de Morro de São Paulo para evitar e proteger as invasões na barra falsa da Baía de Todos os Santos.

Em 1746 a mandado do Rei André de Melo Castro iniciaram a Fonte Grande para que a população e as tropas tivessem fornecimento de água. Este reservatório foi em sua época reconhecido como exemplo de tecnologia por ser o mais moderno e mais complexo da época e também o maior da Bahia colonial.

A Fonte grande de Morro de São Paulo
A Igreja Nossa Senhora da Luz de Morro de São Paulo

As obras da Igreja Nossa Senhora da Luz – nome da padroeira da ilha Morro de São Paulo – foram em três etapas, a primeira etapa em 1628.
A finalização das obras da igreja Nossa Senhora da Luz foi apenas no ano de 1845.
Com seu estilo barroco, na Igreja havia além das imagens sacras, muito ouro e prata tanto em sua decoração como em seus artefatos como cálices, etc. que foram sacados ao longo dos anos.

Na mesma época em que iniciaram as primeiras obras da Igreja Nossa Senhora da Luz no centro da vila de Morro de São Paulo, também teve inicio as obras de um antigo sobrado em frente à Praça Aureliano Lima. Chamada de O Casarão, esta primeira casa de grande porte abrigou Dom Pedro Segundo e a Marquesa de Santos no ano 1859 em sua visita a ilha apos ter estado na cidade de Valença para conhecer a Companhia Têxtil Valença Industrial. O Casarão já serviu todas as necessidades desde então, já passou a ser Escola, Abrigo, Restaurante e atualmente está funcionando como Restaurante e Pousada O Casarão.

O Casarão de Morro de São Paulo
O Farol no alto do Morro de São Paulo Em 1848 a construção do Farol de Morro de São Paulo foi iniciada com seu termino em 1855. Considerado o farol mais moderno de sua época no litoral brasileiro, foi construído com o objetivo de facilitar o acesso a cidade de Valença pois o Morro sempre foi um perigo para os barcos que passavam.
 
Fortaleza de Tapirandú - Fonte Grande - Igreja Nossa Senhora da Luz - O Casarão - O Farol
 

Leia também sobre:

- Morro de São Paulo
- Dicas e Infos
- Como chegar
- Praias de Morro de São Paulo
- Outras Praias de Morro de São Paulo
- Morro de São Paulo de dia
- Morro de São Paulo de noite
- Esportes e Atividades
- História
- Meio ambiente
- Povoados da região
- Bairros da ilha
- O povo da ilha
- Previsão de tempo e maré
- Hospedagem
- Reveillon
- Ressaca de Carnaval
- Carnaval
- Restaurantes